Pesquisador ouviu estudantes e gestores da universidade e identificou que o discente ganhou liberdade para se expressar; para a instituição, houve redução de reclamações

(São Caetano do Sul – SP) – O desafio de manter uma comunicação efetiva entre instituições de ensino e seus alunos estimulou universidades brasileiras a criarem as chamadas ouvidorias universitárias. Para avaliar se esse departamento pode ser considerado um agente ativo de comunicação e inovação no ensino universitário, o Mestrado Acadêmico da USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) desenvolveu uma pesquisa científica e constatou que a Ouvidoria é capaz de ampliar o espaço de diálogo dos alunos com os gestores de maneira democrática e transparente.

O estudo, realizado pelo ouvidor da USCS, Paulo Roberto Mendes, foi baseado em entrevistas com gestores, estudantes e ex-alunos da universidade que já utilizaram o canal. Na dissertação “Ouvidoria universitária: agente de comunicação e inovações no ensino superior”, o pesquisador mostra resultados que apontam como a Ouvidoria do Aluno da universidade é capaz de identificar problemas e sugestionar ações para melhorar a satisfação dos discentes.

Segundo Paulo, os gestores que participaram do estudo destacaram medidas tomadas com o suporte da Ouvidoria, dentre as quais a realização de atividades complementares como cursos e palestras, a redução ou gratuidade de taxas, melhorias de infraestrutura e ampliação da rede de Internet sem fio nos campus. Os estudantes mencionaram soluções importantes na área acadêmica, como grades curriculares, abertura de novas salas com número reduzido de alunos e melhoria no relacionamento com os professores.

O estudo identificou que a comunidade acadêmica considera positivo o trabalho do ouvidor. “Os resultados apontam que a Ouvidoria estimula a participação dos estudantes no dia-a-dia da instituição de maneira mais efetiva e crítica, e neste contexto, situações estáticas na universidade passaram a ser reavaliadas e modificadas”, enfatiza o autor.

DOIS OLHARES – Os gestores entrevistados avaliam que a Ouvidoria tem o papel de representar a instituição, “possibilitando o atendimento de demandas e melhor integração aluno-universidade”, esclarece Paulo. Na visão desses profissionais, um dos papéis principais do departamento é o de mediação, negociação e construção de consenso, propondo alternativas de resolução dos problemas. Além disso, a atuação da Ouvidoria é capaz de reduzir reclamações dos alunos via mídias sociais. A participação é mais no sentido colaborativo.

Do outro lado, os alunos afirmaram que mudaram o olhar sobre a USCS após a criação da Ouvidoria. “Eles ressaltam a participação em decisões relevantes e inserção em negociações diretas, o que confere uma sensação de pertencimento, respeito e diálogo transparente entre aluno-universidade.” O pesquisar relata ainda que os alunos consideram o canal como uma alternativa para buscar informações, compartilhar ideias e avaliar quais são seus direitos e deveres.

Na avaliação de Paulo, os resultados ilustram a importância da Ouvidoria dentro de centros universitários a ponto de transformar positivamente a realidade das instituições. “Essas inovações apontadas pelos entrevistados representam melhorias para a instituição ao promover mudanças no clima e ambiente acadêmico que geraram satisfação nos estudantes e aumento da participação e integração do corpo discente nas atividades da universidade”, argumenta.

Orientador do estudo, o professor doutor Gino Giacomini Filho, avalia a relevância do trabalho: “trata-se de um estudo muito importante para as instituições de ensino superior que querem e precisam melhorar a qualidade de seus serviços educacionais”.

Sobre o Mestrado em Comunicação

O programa de Mestrado em Comunicação da USCS objetiva contribuir com a geração e difusão do conhecimento científico no campo da Comunicação e, com isso, dar consecução à missão da universidade junto à comunidade interna e externa. Pretende ainda contribuir na formação de pesquisadores e docentes com visão crítica e científica do campo da Comunicação face a uma sociedade em constante transformação. Informações sobre o programa: http://www.uscs.edu.br/posstricto/comunicacao/.

Mais informações à imprensa:

Universidade Municipal de São Caetano do Sul – Assessoria de Comunicação

Luciano Domingos da Cruz – tel. 4239-3259 – e-mail: comunic@uscs.edu.br

Ouvidoria universitária estimula ‘diálogo transparente’ entre aluno e instituição, aponta estudo da USCS