Estudar a comunidade de origem germânica formada por imigrantes e descendentes ao longo do século XX, nas cidades do ABC Paulista (Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul) foi a pesquisa desenvolvida pela Profa. Dra. Priscila F. Perazzo, coordenadora do Programa de Pós-graduação em Comunicação (PPGCOM) da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), entre 2011 e 2015. Vários pesquisadores em Iniciação Científica e Mestrado participaram dessa pesquisa com propostas específicas para a elaboração de um conjunto amplo de dados sobre essa questão. A ideia foi verificar os processos de comunicação da cultura germânica a partir das expressões da memória da comunidade tentando responder a seguinte pergunta: como se dão estes processos de comunicação da cultura a partir dos suportes da memória – relatos, narrativas, imagens – da comunidade nas cidades do ABC Paulista?

O estudante de Jornalismo João Paulo Soares da Silva foi um dos pesquisadores desse grupo, sob orientação da professora Priscila em Iniciação Científica em 2015 e 2016. Ele se responsabilizou por compreender a comunicação e a memória por meio de fotografias de pessoas dessa comunidade de cultura germânica, que gravaram seus relatos orais para o grupo de pesquisa em geral. Segundo João, “participar da iniciação científica foi uma experiência importante que abriu muitas portas. Alcançamos bons resultados nessa pesquisa conjunta e sei que contribuímos com a preservação da memória e da cultura germânica no ABC”, relata o estudante que, no momento, faz parte de seu curso de graduação em intercâmbio com a Universidade de Colima, no México, decorrente de um convênio estabelecido com esse mesmo grupo de pesquisa liderado pela Profa. Priscila.

De acordo com a orientadora, “João Paulo desenvolveu um trabalho excelente. Contribuiu para que ampliássemos os resultados da pesquisa sobre cultura e memória alemã no ABC. Como pesquisador de IC produziu de forma excepcional inúmeros textos e participou de vários congressos, inclusive internacionais”, avalia Priscila Perazzo.

O resultado dessa pesquisa foi apresentado em vários congressos importantes, como O Comunicon, na ESPM, em 2015 e o XIII Congresso da ALAIC, Associação Latino-americana de Investigadores em Comunicação, na Cidade do México, no mês passado.

Mais informações à imprensa:

Arquimedes Pessoni Mtb 18781

pessoni@uscs.edu.br

Cultura Germânica no ABC é tema de Pesquisa de Iniciação Científica na USCS